Governo vai penalizar quem não mudar os contratos de luz

Foi definido em portaria um factor de agravamento que incide sobre as tarifas transitórias.

Os consumidores de gás natural, que ainda não mudaram para o mercado liberalizado, vão ser penalizados na factura mensal. Uma medida que será alargada à electricidade. O Executivo prolongou, até 2017, o prazo para as famílias transferirem os contratos para o regime de preços livres, mas decidiu criar um factor de agravamento para as tarifas transitórias que serão fixadas, até lá, pela Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE). Fonte: http://economico.sapo.pt/noticias/governo-vai-penalizar-quem-nao-mudar-contratos-de-luz-e-gas_216150.html  

ERSE reforça cooperação com associações de consumidores

A Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE), no âmbito da comemoração do Dia Mundial dos Direitos do Consumidor, que se celebra a 15 de março, assinou três protocolos de cooperação com as entidades mais representativas dos diferentes consumidores de eletricidade e gás natural e estabeleceu as bases de uma ficha informativa que visa harmonizar a informação pré-contratual prestada pelos comercializadores aos consumidores.
Read More

Veja a entrevista ao CEO da LUZBOA

Veja a entrevista ao CEO da LUZBOA na Económico TV sobre a empresa e sobre o inovador tarifário 50/50 que propõe ao cliente residencial uma divisão anual dos lucros obtidos com o seu consumo.